Como submeter uma proposta para curso de pós-graduação não conferente de grau?

(de acordo com o Artigo 4º do Regulamento)

A proposta de cursos de pós-graduação não conferentes de grau deverá seguir o seguinte circuito:

a) Apresentação da proposta à Secretaria de Pós-Graduação (SPG), de acordo com o dewscrito nas alíneas a) a n), em baixo;
b) A proposta é remetida ao Presidente da FA-ULisboa para aprovação;
c) No caso de a proposta prever atribuição de ECTS, após aprovação pelo Presidente da FA-ULisboa, deverá a mesma ser remetida ao Conselho Científico para aprovação;
d) Após a aprovação da totalidade da proposta, o Curso será divulgado no site da FA-ULisboa, sendo possível aos interessados formalizarem a sua candidatura.

Deve constar da proposta da criação dos cursos:

a) A denominação do curso;
b) Nome do Coordenador do curso
c) A identificação do tipo de curso nos temos do artigo 10.º;
d) A justificação do curso e a sua integração nos objetivos e atribuições da FA-ULisboa;
e) A duração, carga horária total e semanal, e calendarização do curso;
f) O programa de atividades do curso, incluindo o plano de estudos;
g) Os destinatários e condições de acesso;
h) O numerus clausus, o número mínimo de inscrições para o curso funcionar e o método de seleção de candidaturas;
i) As formas de avaliação se existirem;
j) A atribuição de créditos ECTS;
k) A proposta de equivalência a unidades curriculares dos cursos de 2.º e 3.º ciclo da FA-ULisboa;
l) O corpo docente, combinando a integração de docentes da FA-ULisboa com o convite a especialistas que constituam uma mais-valia nas matérias que ministram e reforcem a atratividade do curso;
m) O valor de propinas e faseamento de pagamento;
n) A estimativa orçamental para os cenários de número mínimo e número máximo de inscrições.

Após a aprovação da totalidade da proposta, deverá o coordenador da mesma, remeter à SPG o programa do curso para divulgação pública, onde não consta a alínea n) anterior.

 

Publicado em 10/09/2018.